História

ANOS 20
Em 1928 foi fundada a S. Dyrup & Co. A/S por Sigurd Dyrup, Axel Monberg and Ejnar Thorsen em Søborg a norte de Copenhaga.

ANOS 30
Neste ano a Dyrup inicia o fornecimento inovador da tinta anticorrosiva para as pontes Lillebælt e Storestrom. Numa ótica de expansão de negócio adquire um terreno e 120.000m² em Gladsaxe. Ainda durante este ano lança para o mercado o Esmalte Sintal.

ANOS 40
No ano de 1947 a Dyrup foi convidada, juntamente com outras empresas dinamarquesas, a participar na construção da ponte de Vila Franca de Xira. Foi durante esse mesmo ano que foi criada a Tintas Dyrup em Portugal em cooperação com a firma Hojaard & Schulz e outros parceiros.

ANOS 50
A Dyrup lança a sua primeira tinta plástica na Dinamarca - Dyroton. Este ano foi ainda marcado pelo forte investimento em R&D dando origem à Gama Bondex, com um enorme sucesso, iniciasse a exportação mercado da Europa Ocidental, como principal gama de produtos.
Em Nápoles, Itália inaugura-se a primeira fábrica, e em simultâneo iniciasse a produção de tintas de impressão.

ANOS 60
Uma nova fábrica é construída no Cairo – Egito, continuando ainda trabalhar sob licença.

ANOS 70
Neste ano a Dyrup começa a ser cotada na bolsa de valores em Copenhaga. É ainda assinado um contrato de construção de uma fábrica de vernizes em Riade -  Arábia Saudita.

ANOS 80
Com uma nova estratégia, a Dyrup deixa de produzir e comercializar tintas de impressão e planeia uma estratégia para os anos 90. Este ano é assinalado o lançamento e aposta do Grupo para conceitos de tintas interiores. Em conjunto com a Tollens, um agente francês, a Dyrup adquire uma fábrica de vernizes nos USA.

ANOS 90
A Dyrup torna-se a primeira empresa dinamarquesa a introduzir no mercado uma tinta completamente isenta de solventes - Dyroton. Em 1992, vende-se a shareholding e inicia-se um novo conceito de negócio na Dinamarca. É ainda adquirida a Xylochimie S.A., em França e a Gori na Dinamarca, tal como 56% da Ricolor S.A. em Espanha.Fruto destas aquisições substitui-se a Xylochimie pela Tollens na importação e exportação da gama Bondex. Adquire as restantes ações das Tintas Dyrup, S.A. detidas pela firma Hojgaard & Schultz tornando-se assim uma subsidiária totalmente controlada pela casa-mãe na Dinamarca. Asssinala-se ainda a aquisição da Veraline em França e na Bélgica. Este ano é ainda assinalado pelo lançamento da Dyrup na Alemanha que assegura a distribuição da marca Bondex e Gori. Mais precisamente em 996 é criada a Dyrup na Polónia.

ANOS 2000
Em 2000 as vendas e a distribuição dos vernizes de Dupont foram descontinuados. A Dyrup implementou uma nova estratégia de mercado como base num crescimento e aumento de salários e o trabalho desenvolvido na criação de uma nova imagem única e institucional / corporativa Dyrup.
Em 2001 é implementada uma nova produção de vernizes em Lodz na Polónia deslocando a produção em França para lá. A restante produção foi assegurada em Albi, França em regime de subcontratação.
Este ano foi ainda assinalado com a o lançamento do novo sistema de tintagem com novos corantes amigos do ambientes.
Em 2002 foram implementadas 124 novas lojas com o conceito Shop-in-Shop por toda a Europa. Um grande lançamento, de um novo conceito dentro da loja que inspira e ajuda os consumidores no processo de escolha das cores. Neste memo ano é marcado pelo relançamento do site institucional - www.dyrup.com - fruto da alteração da imagem corporativa.
Em 2003 a Dyrup celebrou o seu 75º aniversário, marcado em todas as filiais do grupo em conjunto com os colaboradores e clientes.
Já em 2004, em Janeiro, a Dyrup foi distinguida na Convenção Ambiental 2003 - Município de Copenhaga.
Ainda durante este ano a Dyrup aposta no mercado de Retail, reforçando assim a sua distribuição, numa ótica estratégica de distribuição.

ANOS 2010
Em 2011 a Dyrup é adquirida pelo grupo norte-americano PPG Industries – um dos líderes mundiais em revestimentos, seguindo uma estratégia de distribuição, inovação e comunicação.